Dinheiro para nada

Um novo documentário sobre as causas e consequências da crise financeira mundial acaba de ser lançado nos Estados Unidos. “Money for Nothing” (Dinheiro para Nada, numa tradução livre) discute o funcionamento e os mecanismos de atuação do Fed, o banco central americano. E procura explicar os erros que foram cometidos.

A principal crítica, de acordo com as informações do site do documentário, gira em torno da incapacidade do Fed em antecipar uma crise de grandes proporções. Os juros baixos praticados por um longo período acabaram estimulando o excesso de financiamento, o que levou, entre outras coisas, a uma explosão no preço dos imóveis.

Diversas inovações financeiras com pouca regulamentação e baixa supervisão facilitaram a alavancagem das posições de bancos e demais participantes do mercado. A concessão de novos empréstimos cresceu de forma exponencial e, no fim, o sistema financeiro praticamente ruiu em 2008, quando a bolha estourou.

A linha do documentário parece semelhante a “Inside Job” (Trabalho Interno) que passou pela primeira vez no Brasil na Mostra Internacional de Cinema de São Paulo do ano de 2010. Para os interessados em conhecer mais sobre as estratégias do Fed e o agora famoso “quantitative easing” (afrouxamento monetário), é torcer para que a organização da Mostra deste ano consiga exibir “Money for Nothing” agora em outubro. A conferir.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s